Skip to main content
Foto mostra folhas de árvore em um gramado

Terra, nosso lar

A Terra e seus ecossistemas são o lar da humanidade. Com essa liberdade e com esses limites, a Terra é onde tecemos dia a dia nossos arranjos biográficos.

A primeira vez que eu li o “Pequeno Príncipe” me tocou profundamente o modo como ele considerava o planeta dele – na verdade, um minúsculo asteroide (B-612), do tamanho de uma casa com três vulcões (dois ativos) e uma rosa que no começo parecia muito orgulhosa, mas que depois acaba se tornando seu grande amor. O principezinho ama sua rosa, regando-a e protegendo-a.

Imagem mostra livro Pequeno Príncipe em sua Terra
Ao preservar o seu planeta, o Pequeno Príncipe nos ensina a cuidar
do nosso (Foto do livro ‘O Pequeno Príncipe)

Na Terra, no nosso mundo, o pequeno príncipe conhece uma raposa muito sabida, que lhe explica claramente sobre uma ética da responsabilidade: “tu te tornas eternamente responsável pelo que cativas.”

Tudo está conectado na Terra

A história do “Pequeno Príncipe” é simples, mas cheia de simbolismo, e traz uma mensagem importante de amor ao próximo e, ouso emendar, de amor ao nosso planeta. As histórias que o meninozinho de cabelos de ouro e cachecol vermelho contam ao aviador-narrador provocam em nós a necessidade urgente de dar valor tanto à casa onde habitamos quanto às pequenas coisas que nos enriquecem.

Foto mostra árvore Maple com suas folhas caídas em uma rua em Portland,
Connecticut, Estados Unidos
Conexão entre a natureza e a sociedade: vínculo que estrutura nossas vidas

Vida sem cuidado não existe. Vida está implicada com afeto, atenção, respeito. O vínculo entre sociedades e natureza sem dúvida nos obriga a estruturar nossas vidas de modo consciente, mantendo relações de benevolência com o meio ambiente, porque é a natureza que sustenta a vida universal de todos os seres.

Barry Commoner, um dos pais da Ecologia, afirma que “tudo está conectado a tudo”. Nós, humanos, somos parte da natureza. Nosso viver pleno e saudável depende de uma interação justa e solidária com o planeta, nossa Casa comum.

Foto mostra placa com frase do Pequeno Príncipe em banco no Central Park, em New York, Estados Unidos
Homenagem feita para o Pequeno Príncipe em um dos bancos do Central Park, em Nova York; espaço verde e cheio de vida, no coração de uma das maiores cidades dos mundo

Na leitura de “O Pequeno Príncipe” aprendemos que “só se vê bem com o coração.” Quiçá necessitemos passar a praticar com mais eficiência uma relação de comunhão com o nosso planeta, estabelecendo laços de amizade e respeito com nosso entorno, redescobrindo a fidelidade que nos impele a cuidar daquilo que nos acolhe como um verdadeiro lar e como uma verdadeira promessa de plenitude às futuras gerações.

“Na natureza nada é supérfluo.” Averróis

Notinhas

Antoine de Saint-Exupéry, aviador, nasceu em Lyon, na França, em 1900, e morreu em 1944, um ano depois da publicação do livro “O Pequeno Príncipe”, e que ele ilustrou e narrou. Na Segunda Guerra Mundial, ele lutou contra alemães e, mesmo contrariando as ordens de seu médico, pois estava doente demais para voar, foi para combate e nunca mais foi encontrado. Seu avião também sumiu para sempre.

Barry Commoner (1917-2012), biólogo, professor universitário norte-americano, foi um dos pais da Ecologia. No seu livro “Closing Circle”, de 1971, Barry Commoner expõe as leis da ecologia – e a “Primeira Lei da Ecologia” diz que “tudo está conectado a tudo”.

A relação saudável entre sociedade e Natureza depende hoje de uma relação cooperativa e responsável entre a ciência, o direito, a economia, a política e a sociedade civil, pois só assim será possível alcançar um equilíbrio entre o crescimento econômico sustentável e a gestão inteligente dos recursos naturais.


Eugênia Pickina
Escritora e educadora ambiental. Especialista em Filosofia (UEL-PR) e mestre em Direito Político e Econômico (Mackenzie-SP).
Tem livros infantis publicados pelo Instituto Plantarum, colaborando com o despertar da consciência ambiental junto ao Jardim Botânico Plantarum (Nova Odessa-SP).
Ministra cursos e palestras sobre educação ambiental em empresas e escolas do estado de São Paulo e do Paraná, onde vive.


Saiba mais
www.mariposalily.com
Instagram


A Ecooar acredita que devemos nos empenhar, cada dia mais, na proteção e preservação da nossa Terra.

E-mail: ecooar@ecooar.com | ecooar@gmail.com

Facebook Comments

ecooar

A Ecooar Biodiversidade acredita em um mundo melhor! E por acreditar tanto nisso, nossa equipe atua apaixonadamente para proteger, preservar e recuperar a natureza. Trabalhamos com projetos de reflorestamento que agem na recomposição de Áreas de Preservação Permanente (APP) na Mata Atlântica e demais biomas. A formação de florestas retém CO2 da atmosfera, o que resulta na captura de Gases de Efeito Estufa (GEE) e regeneração do meio ambiente.

Deixe uma resposta

Translate »