Skip to main content
Foto mostra banco de madeira da Multiflora e sofás ao fundo

Multiflora: arte e natureza

O que acontece quando música se encontra com a arte? Uma peça única da Multiflora. A empresa nascida em Brasília, no planalto brasileiro, transforma sobras da madeira em lindos produtos artesanais para o uso diário e decoração.

Foto mostra pedaço de madeira que será transformado em vaso pela Multiflora (Foto: Joelson Maia)
Peças são transformadas de acordo com seu design natural (Foto: Joelson Maia)

Mas antes de começar a transformação, todas as peças de madeiras seguem um criterioso processo de análise e as mesmas só são reaproveitadas após a detecção que elas estão em fase de decomposição. Nesse sentindo, em plena sintonia com a natureza, essas peças são únicas, ousadas e com muita personalidade, pois são complementadas com equilíbrio, de acordo com a perfeição natural de cada planta.

Multiflora em harmonia

Para dar ainda mais pessoalidade as peças elas são trabalhadas ao som de uma música específica, acrescentando novos significados, conectando com a energia positiva da mãe Terra, trazendo um novo visual para o local onde ela irá permanecer.

Algumas das madeiras escolhidas tem a sua própria história.

Jatobá

O nome jatobá vem do guarani e significa “árvore de fruto duro”, mas também é conhecida como jatobá-do-campo, jatobá-da-serra, jatobá-de-casca-fina e Jutaí, e pode alcançar até 9 metros de altura.

Em outras regiões do Brasil podem ser encontradas outras espécies de jatobá. Os frutos do jatobá-do-cerrado são apreciados in natura por populações rurais, e suas flores se destacam na paisagem, sendo muitas vezes utilizadas para ornamentação de jardins e de vias públicas. Sua madeira é dura, incorruptível e durável, por isso ela é empregada na construção civil e naval, vigas, assoalhos e móveis.

Foto tirada por Joelson Maia mostra vaso da Multiflora feito com a raiz da árvore de Jatobá
Vaso criado a partir de raiz da árvore de Jatobá (Foto: Joelson Maia)

Teca

Teca é uma espécie arbórea de grande porte e são encontradas em regiões tropicais e subtropicais do Sudeste asiático, em países como Índia, Mianmar, Tailândia, Laos e Indonésia (Ilha de Java). Hoje em dia podemos encontrar essa árvore por aqui, em plantações comerciais, onde se adaptou muito bem.

A teca produz madeira de excelente qualidade, resistente ao sol, ao calor, e à água das chuvas e do mar. Por isso é uma espécie muito utilizada na indústria naval, confecção de móveis finos e peças de uso nobre, inclusive obras de arte.

Música inspiradora dessas peças: ‘Meu abrigo’ – Melim (confira abaixo).

Vinhático

Conhecido por vinhático, vinhático do-campo, amarelo, amarelo-gengibre, amarelinho, pau-amarelo e pau-de-candeia, ocorre no Brasil, Paraguai, Bolívia e Argentina.

No Brasil é nativa dos biomas Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, entre outros. A espécie possui potencial para uso madeireiro, ornamental, e é considerada própria para mobiliário de luxo, portas e confecção de tonéis de vinho.

Música inspiradora dessa peça: ‘Flor de Lis’ – Djavan

Murilo Huff

Peça criada pela Multiflora para o cantor Murilo Huff, conhecido por compor músicas de sucesso como “Dois Enganados”, que gravou em dueto com Marília Mendonça.

A Multiflora encanta

A empresa leva o Selo Verde Ecooar em suas embalagens e um QR Code indica sua área de reflorestamento que foi escolhida cuidadosamente, adaptando o projeto a região, com a finalidade de recuperar a nascente.

Foto mostra área de reflorestamento com QR Code e caixa de produto com Selo Verde Ecooar.
Área de reflorestamento Multiflora e embalagem com
Selo Verde Ecooar: responsabilidade ambiental

Com essa energia e muito respeito pela própria natureza, a Multiflora cria e desenvolve em seu ateliê arte de forma sustentável, aprimorando peças e encantando clientes.


Saiba mais:
Transformando a natureza e as pessoas
FacebookInstagramWhatsApp


Informações: Rafaela Borges, Engenheira Florestal, mestre e doutora em Fitopatologia pela (UnB) e pós-doutoranda em Ciências Florestais

Foto de Capa e das peças: Joelson Maia

Adaptação de texto: Alexandro Carvalho – Diretor da Ecooar

Facebook Comments

ecooar

A Ecooar Biodiversidade acredita em um mundo melhor! E por acreditar tanto nisso, nossa equipe atua apaixonadamente para proteger, preservar e recuperar a natureza. Trabalhamos com projetos de reflorestamento que agem na recomposição de Áreas de Preservação Permanente (APP) na Mata Atlântica e demais biomas. A formação de florestas retém CO2 da atmosfera, o que resulta na captura de Gases de Efeito Estufa (GEE) e regeneração do meio ambiente.

Deixe uma resposta

Translate »