Foto mostra mulher plantando uma árvore com a logo do Fliaraxá

Fliaraxá, festival literário compensado

A 10ª edição do Festival Literário de Araxá – Fliaraxá 2022 – foi compensada através do plantio de árvores

Criado em 2012, o Fliaraxá, um dos principais festivais literários do Brasil e da América Latina, chega à sua 10ª edição, e aconteceu entre os dias 11 e 15 de maio de 2022. Com o tema “Abolição, Independência e Literatura”, o Festival ocorre no formato híbrido – digital e presencial –, em diversos locais da cidade de Araxá/MG. A programação completa do evento está disponível no website do festival.

Muita cultura no Fliaraxá

O Fliaraxá foi gratuito, sem cobrança de ingresso nem taxas para assistir nas plataformas, como o Youtube, Facebook e Instagram. O evento também contou com programação infantil, prêmio de redação, exposição artística e uma novidade: uma imensa livraria com espaço gastronômico.

Foto mostra entrada da Fliaraxá
Festival Literário de Araxá – Fliaraxá, terá programação digital e presencial (Foto: Drigo Diniz)

A livraria de 800 metros quadrados montada no Complexo do Barreiro (espaço tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA)) é sem dúvida um dos destaques desta edição do evento. Batizado de Livraria do Barreiro, o espaço contará com centenas de obras dos mais diversos gêneros – romance, poesia, crônica, conto, biografia, infantil e infantojuvenil. A instalação será ocupada pela Livraria Nobel, de Araxá, e pela Distribuidora Boa Viagem, de Belo Horizonte.

Inclusive, quem desejar uma recordação do festival, pode adquirir belos produtos como bonés, camisetas, marcadores de páginas e muito mais.

Foto mostra um livro aberto e um casal com camisas do Fliaraxá
Fliaraxá possui diversos produtos exclusivos do festival (Foto: Drigo Diniz)

O Fliaraxá também mantém nesta edição o já tradicional “Prêmio de Redação Maria Amália Dumont”, destinado a estudantes das escolas públicas e privadas de Araxá.

Exposições

Além do festival literário, o evento traz em sua programação duas exposições: “Objetos de Fé Afro-Brasileiros”, com oratórios do período colonial que revelam a sinergia entre o barroco e o devocionário dos negros, e “Muros Invisíveis”, com fotografias de 42 afroempreendedores da cidade de Araxá.

Com oratórios do período colonial que revelam a sinergia entre o barroco e o devocionário dos negros, a exposição “Objetos de Fé Afro-Brasileiros”, tem a curadoria de Angela Gutierrez.

Fotos mostram pessoas em frente a objetos sacros expostos na Fliaraxá
Exposição de Objetos Afro-Brasileiros é um dos destaques do Fliaraxá (Foto: Drigo Diniz)

“Muros Invisíveis”, conta com fotografias de 42 afroempreendedores da cidade de Araxá, feitas pelo fotógrafo Gabriel Andrade de Paula com curadoria de Marisa Rufino, que, além de educadora social, faz parte da liderança da Central Única das Favelas – Cufa – em Araxá e Carlos Vinícius Santos, também curador da exposição e que atua no Centro de Referência da Cultura Negra de Araxá.

Foto mostra instalações da exposição Muros Invisíveis do Fliaraxá
A exposição “Muros Invisíveis” está espalhada pelas ruas de Araxá (Foto: Drigo Diniz)

Carlos Vinícius Santos, também curador da exposição e que atua no Centro de Referência da Cultura Negra de Araxá, destaca a importância de retratar afroempreendedores: “A gente procurou também fotografar pessoas de variados bairros de Araxá e que possuam diferentes profissões”.

Foto mostra totem com informações sobre o Fliaraxá
Informações sobre a 10ª edição do Fliaraxá (Foto: Drigo Diniz)

“Essa exposição é também uma forma de agradecer à população de Araxá por nos receber de forma tão acolhedora nestes dez anos de festival”, afirma Afonso Borges, idealizador do Fliaraxá.

Fliaraxá inova

Neste ano, o Festival inova ao se autodenominar “phygital”, termo que denota que o espaço é formado por três dimensões.

A Fliaraxá atrai crianças, jovens e adultos ressaltando a importância da leitura em nosso país (Foto: Drigo Diniz)

De acordo com o cientista Silvio Meira, o espaço phygital ou figital é aquele que combina as dimensões física, digital e social. A dimensão física refere-se ao mundo antes da chegada dos primeiros computadores e equipamentos eletrônicos de processamento de informação; enquanto a digital começou a aparecer na década de 1970 com os computadores e teve continuidade nos anos seguintes, com o advento de tecnologias como os celulares e os CDs.

Por fim, a dimensão social é aquela que aparece na década de 1990, com o surgimento da internet comercial, e torna-se universal depois da década de 2000.

Compensação ambiental

Além de muita cultura, o Fliaraxá também inovou na área da sustentabilidade, compensando os 1.170 kg de COresultantes da produção do evento, através do plantio de árvores. Essa compensação ambiental foi patrocinada pela Cartola Editora, criada em 2018, na cidade de São Paulo, e focada em autores nacionais, oferecendo uma oportunidade para que o escritor iniciante, ou até mesmo experiente, possa publicar sua obra em papel e em formato digital.

Arte mostra cartaz da Fliaraxá, com logos da Cartola e Ecooar
Festival teve suas emissões compensadas pela Cartola Editora e Ecooar

A certificação do festival foi realizada pela Ecooar, afirmando que a 10ª edição do Festival Literário de Araxá – Fliaraxá 2022 “atuou de maneira sustentável, com o plantio de árvores de espécies nativas que contribuem com a regeneração do meio ambiente, com a proteção da biodiversidade, a preservação de nascentes, a captura de Gases de Efeito Estufa (GEE) e a educação ambiental”, recebendo o Selo Verde Ecooar.

A Ecooar utiliza uma plataforma inovadora de Tecnologia da Informação e algoritmos para calcular a quantidade de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) geradas por empresas e fazer sua compensação. A iniciativa de compensar esses gases tem o propósito de diminuir os efeitos do aquecimento global.


Saiba mais:

10.º Festival Literário de Araxá – Fliaraxá

De 11 a 15 de maio, de quarta-feira a domingo

Tema: “Abolição, Independência e Literatura”

Formato híbrido – transmissão em tempo real pelas plataformas: Youtube e Facebook do @fliaraxa

Website

Contato:

Jozane Faleiro | 31 99204-6367 | jozane@sempreumpapo.com.br

Facebook Comments Box

ecooar

A Ecooar Biodiversidade acredita em um mundo melhor! E por acreditar tanto nisso, nossa equipe atua apaixonadamente para proteger, preservar e recuperar a natureza. Trabalhamos com projetos de reflorestamento que agem na recomposição de Áreas de Preservação Permanente (APP) na Mata Atlântica e demais biomas. A formação de florestas retém CO2 da atmosfera, o que resulta na captura de Gases de Efeito Estufa (GEE) e regeneração do meio ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.