Skip to main content
Carnaval mais sustentável

Carnaval mais sustentável

O plástico é uma das invenções mais fantásticas do ser humano, mas também uma das que tem potencial mais destrutivo. E durante o carnaval, não percebemos isso, pois ao descartarmos incorretamente, na natureza, garrafas, canudos e embalagens plásticas, essas passam por um processo de quebra mecânica realizada pela chuva, pelos ventos e pelas ondas do mar, fazendo com que o produto se fragmente em pequenas partículas plásticas que transformam-se no microplástico.

O microplástico, por conta de seu tamanho, é praticamente impossível  de ser recolhido e por isso são responsáveis por mais de 80% do plástico encontrado na natureza. Em rios, lagos e mares, o plástico mata os animais como peixes, tartarugas e outros seres, que os ingerem confundindo com comida.

Brilho ecológico no carnaval

O glitter e a purpurina são usados em larga escala durante o carnaval e, logo após a festa, durante o banho, as partículas usadas para embelezar os foliões, escorrem pelos canos e se juntam a milhões de toneladas de plástico que são lançadas nos oceanos, que não se decompõem em menos de 400 anos. São extremamente danosos para a cadeia alimentar, pois podem ser engolidos desde os menores seres até os grandes predadores.

A solução então é parar de usar brilho durante o carnaval e outras comemorações? Não, pois já existem soluções ecológicas para que a festa continue a empolgar crianças e adultos durante essas ocasiões. Confira algumas marcas:

O glíter ecológico é uma das alternativas que podem ser utilizadas (Foto: Bioglitter)

Pura Bioglitter

Uma das marcas pioneiras na produção de glíter orgânico no Brasil, foi criada em 2017 pela carioca Frances Sansão. Feito à base de algas marinhas e mica através de um processo artesanal, é ideal para a diversão, onde cada lote possui tons únicos!

Para saber mais, clique aqui.

Glitra Bio

A marca oferece quatro cores de purpurina ecológica, feitas com base em folhas de celulose, que recebem a impressão metalizada e ganham óleos especiais para hidratar a pele. Parte do lucro com a venda dos produtos é revertida para projetos que ajudam a causa dos oceanos.

Para saber mais, clique aqui.

Canudo amigo do meio ambiente

E na hora de refrescar-se, todo o cuidado é pouco. Ao tomar água, suco ou refrigerante muitas pessoas utilizam o famigerado canudo de plástico, que em média é descartado cinco minutos depois de usado, o que gera um impacto enorme de lixo para o planeta diariamente, representando cerca de 4% de todo lixo depositado nos oceanos por ano.

A solução? Utilize canudos de papel.


O canudo de papel biodegradável substitui o de plástico (Foto: Fulpel)

Fulpel

Uma das alternativas é utilizar produtos da Fulpel, que é uma fabricante de embalagens pioneira na produção do bio copo, feito de material biodegradável, e também do canudo de papel.

O canudo de papel está de acordo com um futuro mais sustentável, evitando mais esse impacto ao meio ambiente.

Para saber mais, clique aqui.

Independentemente dos materiais e da época do ano, devemos sempre descartar corretamente os itens utilizados no nosso dia a dia.

Alexandro Carvalho
Advogado, Designer Gráfico e Diretor de Marketing da Ecooar Biodiversidade

Facebook Comments

ecooar

A Ecooar Biodiversidade acredita em um mundo melhor! E por acreditar tanto nisso, nossa equipe atua apaixonadamente para proteger, preservar e recuperar a natureza. Trabalhamos com projetos de reflorestamento que agem na recomposição de Áreas de Preservação Permanente (APP) na Mata Atlântica e demais biomas. A formação de florestas retém CO2 da atmosfera, o que resulta na captura de Gases de Efeito Estufa (GEE) e regeneração do meio ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »